Central de Marcação: (71) 3409-8000
Simulação realística de AVC movimenta Hospital São Rafael

Simulação realística de AVC movimenta Hospital São Rafael

Profissionais e estudantes de Medicina, durante simulação realística no auditório do HSR      |      Foto: Divulgação Ascom – HSR

A tarde desta última quarta-feira (4), no 1º subsolo, foi bastante movimentada. O Hall, a Biblioteca e o Auditório Luigi Faroldi foram palcos do curso de simulação realística de atendimento agudo do Acidente Vascular Cerebral (AVC), atividade do pré-Congresso Brasileiro de Doenças Cerebrovasculares e da XV Jornada de Neurologia da Bahia.
O curso ficou sob a responsabilidade da médica neurologista do HSR, Dra. Suzete Farias, que contou com a participação voluntária dos colaboradores Flávio Reis, da Dimed, Guma Guedes, da Ascom, e Pe. Bento Viana, capelão, que fizeram os papéis de pacientes, diga-se de passagem, muito bem por sinal. Cada um trazia uma história, permitindo que os cursistas avaliassem a doença por diferentes sintomas.

A simulação realística foi realizada em três estações, com casos clínicos distintos     |     Foto: Divulgação Ascom – HSR

Durante a simulação, nas três estações, era possível perceber o envolvimento de todos os participantes e o quão séria e importante era a atividade para o aprendizado de cada um. Após concluírem a simulação, as equipes se reuniram para avaliar o atendimento prestado, pontuando os pontos negativos e positivos, e, ao final, todos entenderam a importância de promover um atendimento rápido e eficiente para diminuir as chances de sequelas do AVC, doença que mata uma pessoa no mundo a cada 6 segundos.
Após o curso, aconteceu a 1ª Corrida Contra o AVC e o HSR, parceiro do evento, marcou presença. Representantes das gerências de Enfermagem, da Qualidade, da Diretoria Médica, entre outras áreas, participaram da corrida, cuja renda arrecadada será doada para a construção do Lar de Idosos, da Fundação Lar Harmonia.

Ações sobre Doação de Órgãos e Tecidos são realizadas no HSR

Ações sobre Doação de Órgãos e Tecidos são realizadas no HSR

Foto: Divulgação | Ascom – HSR

Na semana passada, o HSR reforçou a importância da Doação de Órgãos e Tecidos em alusão ao Setembro Verde. Entre os dias 25 e 28, uma série de ações foram realizadas com o intuito de sensibilizar o público interno sobre esse assunto, principalmente, destacando que para ser doador é fundamental deixar o seu familiar ciente do seu desejo. A abertura das atividades foi marcada pelo encontro de Unidades Notificantes de possíveis Doadores de Córneas, realizado na manhã do dia 25, no Auditório São Lázaro, quando representantes do Banco de Olhos da Bahia ministraram palestras sobre a doação de córneas. Na oportunidade, enfermeiros coordenadores e de referência, assistentes sociais, médico oftalmologista transplantador e representantes da Diretoria Médica discutiram a importância da abordagem junto ao familiar, o processo de captação e do transplante, aspectos éticos e legais da doação e o acompanhamento junto ao paciente transplantado. “Foi uma manhã de aprimoramento, um momento fundamental para esclarecimento de dúvidas, bem como para compartilhamento de conhecimento sobre o assunto. Além disso, acredito que engajamos mais profissionais nessa luta”, declarou Heleni Carvalho, coordenadora de Enfermagem do Núcleo de Semi-Intensiva e membro da CIHDOTT – Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante. No dia seguinte, a enfermeira Suely Lima recepcionou colaboradores e acompanhantes de pacientes no refeitório, distribuindo folhetos e dando informações gerais sobre a doação de órgãos. Já no dia 27 foi a vez da ação itinerante. As enfermeiras Heleni Carvalho, Isis Barreto, Rita Sala e Suely Lima visitaram os mais diversos setores administrativos e assistenciais para conversar com os profissionais sobre a importância da doação de órgãos, destacando que o “sim de cada doador” pode salvar ou ajudar a melhorar a vida de até oito pessoas.