Central de Marcação: (71) 3409-8000
São Rafael é vencedor do Prêmio Benchmarking da FESFBA

São Rafael é vencedor do Prêmio Benchmarking da FESFBA

Francisco Feitosa, Gerente de Manutenção (centro, de camisa azul), representou o HSR na premiação | Foto: Divulgação FESFBA

O projeto Segurança e Economia com o Abastecimento de Água de Poços Artesianos, vencedor do 1º lugar da 4ª Mostra da Qualidade na Categoria PDCA – Administrativo, está fazendo sucesso além dos muros do HSR. O trabalho também foi o vencedor do Prêmio Benchmarking das entidades Filantrópicas de Saúde, promovido pela Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia – Fesfba, no último dia 9 de outubro. O projeto coordenado pelo gerente de manutenção Francisco Feitosa foi apresentado por ele no evento e venceu na categoria socioambiental, sendo selecionado entre 26 trabalhos enviados por várias entidades baianas e escolhido para estar entre os 17 concorrentes finais. O projeto dos poços, iniciado em 2014 entrou em operação em 2015, passando por ampliação em 2016, quando foi responsável por uma economia de mais de 700 mil reais na conta anual de água do hospital. Francisco Feitosa se diz gratificado pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido por ele e sua equipe em prol da sustentabilidade da instituição e aposta na ampliação da produção de água com a perfuração de mais dois poços, capazes de garantir ainda mais o suprimento de água e a economia proporcionada dentro da meta estabelecida, que é de suprir 70% da demanda do HSR por meio de geração própria.
Além do trabalho da Geman, o projeto da Biblioteca Móvel do HSR também fez bonito no Benchmarking, ficando em segundo lugar na categoria Humanização. Parabéns aos nossos profissionais!

Simulação realística de AVC movimenta Hospital São Rafael

Simulação realística de AVC movimenta Hospital São Rafael

Profissionais e estudantes de Medicina, durante simulação realística no auditório do HSR      |      Foto: Divulgação Ascom – HSR

A tarde desta última quarta-feira (4), no 1º subsolo, foi bastante movimentada. O Hall, a Biblioteca e o Auditório Luigi Faroldi foram palcos do curso de simulação realística de atendimento agudo do Acidente Vascular Cerebral (AVC), atividade do pré-Congresso Brasileiro de Doenças Cerebrovasculares e da XV Jornada de Neurologia da Bahia.
O curso ficou sob a responsabilidade da médica neurologista do HSR, Dra. Suzete Farias, que contou com a participação voluntária dos colaboradores Flávio Reis, da Dimed, Guma Guedes, da Ascom, e Pe. Bento Viana, capelão, que fizeram os papéis de pacientes, diga-se de passagem, muito bem por sinal. Cada um trazia uma história, permitindo que os cursistas avaliassem a doença por diferentes sintomas.

A simulação realística foi realizada em três estações, com casos clínicos distintos     |     Foto: Divulgação Ascom – HSR

Durante a simulação, nas três estações, era possível perceber o envolvimento de todos os participantes e o quão séria e importante era a atividade para o aprendizado de cada um. Após concluírem a simulação, as equipes se reuniram para avaliar o atendimento prestado, pontuando os pontos negativos e positivos, e, ao final, todos entenderam a importância de promover um atendimento rápido e eficiente para diminuir as chances de sequelas do AVC, doença que mata uma pessoa no mundo a cada 6 segundos.
Após o curso, aconteceu a 1ª Corrida Contra o AVC e o HSR, parceiro do evento, marcou presença. Representantes das gerências de Enfermagem, da Qualidade, da Diretoria Médica, entre outras áreas, participaram da corrida, cuja renda arrecadada será doada para a construção do Lar de Idosos, da Fundação Lar Harmonia.