Hospital São Rafael sedia evento sobre envelhecimento ativo e saudável

Hospital São Rafael sedia evento sobre envelhecimento ativo e saudável

O número de idosos no Brasil está em ascensão. Dados do último levantamento do IBGE revelam que existem mais de 29 milhões de pessoas com mais de 60 anos e, até 2030, a expectativa é que esse número dobre. Ainda segundo o órgão, somente em Salvador, o número ultrapassou a casa dos 400 mil. O aumento se deve aos cuidados frequentes com a saúde e elevação da expectativa de vida. Dentro desta perspectiva, o Hospital São Rafael (HSR) realizou o 4º Seminário sobre Envelhecimento Ativo e com Hábitos Saudáveis, no dia 4 de maio.

O auditório Luigi Faroldi ficou lotado. Mais de 200 pessoas participaram do seminário, entre profissionais da saúde, estudantes da área e demais prestadores de serviços que lidam com a terceira idade. A programação do encontro, que ocorreu das 8h às 13h, foi repleta de palestras que envolvem assuntos ligados à nutrição, cuidados com o coração, impacto do tratamento regular nas doenças crônicas do idoso e outros temas que envolvem este público.

De acordo com o organizador do evento e médico geriatra do HSR, Dr. Wenceslau Alonso, o objetivo do evento é disseminar a importância da vida ativa para evitar e combater doenças comuns nesta parcela da população que só tende a crescer. “Isso significa que, embora não possamos controlar fatores intrínsecos como a genética, o envelhecimento é inexorável, mas as pessoas estão cada vez mais optando por um estilo de vida mais saudável e ativo, incorporando no dia a dia hábitos que preservam a saúde mental, aumentando a probabilidade de viver mais e melhor”, detalhou Dr. Wenceslau, garantindo que o seminário transcorreu de forma harmoniosa e bem sucedida, com participação ativa do público, que elogiou o evento e, na ocasião, já solicitou uma nova edição do seminário.

HSR forma primeira turma do Curso de especialização em Odontologia Hospitalar

HSR forma primeira turma do Curso de especialização em Odontologia Hospitalar

Em parceria com o Centro de Especialidades em Saúde (CESA) / UNINGÁ, o Hospital São Rafael concluiu a formação da primeira turma do Curso de especialização Lato Sensu em Od​ontolo​gia Hos​pitalar​​, com ênfase em Laserterapia. Ao longo do curso, que teve duração de 18 meses, os estudantes compreenderam a importância da presença do cirurgião-dentista no ambiente hospitalar, inserido numa equipe multidisciplinar nas diversas especialidades da Medicina, e sua contribuição para minimizar o risco de infecções, reduzir o uso de nutrição enteral e parenteral, diminuir a quantidade do uso de antibióticos e/ou outros medicamentos e o tempo de internamento, consequentemente promovendo melhor qualidade de vida ao paciente.

Para a coordenadora do curso, Isa Barboza, a especialização vem atender a crescente demanda do mercado, qualificando os cirurgiões-dentistas para realizarem procedimentos odontológicos em pacientes no âmbito hospitalar. “Tenho a certeza que nenhum curso é por si mesmo tão perfeito que não necessite de aprimoramento, nem tão imperfeito que não possa ser melhorado. Por isso, sinto-me gratificada por concluirmos essa especialização com alunas dedicadas, com alto padrão de respeito e envolvidas na busca do conhecimento da Odontologia Hospitalar, nova área de atuação da Odontologia brasileira”, pontuou Isa, fazendo questão de registrar seu agradecimento a todos que contribuíram para que o curso fosse concluído:

“Agradeço de coração aos pacientes – nossos verdadeiros Mestres –, a parceria sempre da admirada colega e professora Aparecida Marques, em todos os momentos da coordenação do curso, somando-se  a Viviane Popi (CESA), Litza Gusmão (HSR), em uma coordenação harmônica e a todos os professores que enriqueceram nosso curso com seus saberes, vivências e disponibilidade: Dr. Guilherme Garcia, Dr. Marco Aurélio Salvino, Dr. Diego Nunes, Dr. João Garcez Filho, Dr. Ulisses  Ancelmo, Dr. Erenaldo Rodrigues Junior, Dr. Antonio Pinheiro, Antônio Júlio Nascimento, as cirurgiãs-dentistas Tânia Lucia Carvalho e Sarah  Damaceno, enfermeiras Marlize Brandão e Cidicleide Improta, psicóloga Carolina Couto, nutricionista Luciana Araújo, fonoaudiólogas Gabriela Lima, Vanessa Adorno e Milena Neves, fisioterapeuta Graziela Paulino e a pedagoga Jucilene Queiroz. Também agradeço ao Marketing do HSR, por todo apoio na divulgação e cobertura do curso, a Ana Rafael, assistente de Saúde Bucal do HSR, e os demais não citados aqui.”

São Rafael é o primeiro hospital do Brasil a instalar o Atellica 1500 para rotina em Laboratório

São Rafael é o primeiro hospital do Brasil a instalar o Atellica 1500 para rotina em Laboratório

A equipe do Laboratório São Rafael já está treinada e pronta para utilizar o sistema de automação em Urianálise  Atellica™ 1500, primeiro a ser instalado no Brasil para rotina em laboratório.

O Atellica™ 1500 é um sistema de análise de urina automático digital, que permite gerenciar mais amostras em menor tempo, sem comprometer a confiabilidade dos resultados. Além disso, o Atellica oferece resultados de alta precisão graças a um algoritmo de correção. “Quando a urina escura é testada, o sistema CLINITEK Novus aplica um algoritmo de correção de cor automática para compensar a cor escura. Este algoritmo ajuda a reduzir a taxa de falsos-positivos para bilirrubina, urobilinogênio, creatinina, glicose, cetonas etc”, explicou a gestora do Laboratório do HSR, Agnaluce Moreira.

O equipamento já foi instalado no Laboratório de Análises Clínicas. Em breve, ele entrará em funcionamento, reduzindo custos e aumentando a confiabilidade e produtividade do Laboratório São Rafael.

Paulo Hoff faz abertura do 1º Highlights e visita unidades do HSR

Paulo Hoff faz abertura do 1º Highlights e visita unidades do HSR

Sucesso de público, de abordagem, de troca de conhecimento. O 1º Highlights do Congresso Americano de Oncologia 2018, realizado no último sábado (21/07), no Auditório Luigi Faroldi, demonstrou o sucesso da parceria da Oncologia D’Or, CEHON e Hospital São Rafael. “É uma satisfação receber vocês para este evento. Nós vamos discutir vários temas relevantes que foram apresentados no ASCO. É uma satisfação, também, fazer parte de um projeto precedido por Dr. Paulo Hoff e espero que isso traga para a gente mais contribuições para a ciência adequada, integral e completamente conectada com o up to date da Oncologia do Brasil. É uma honra fazer parte e recebê-lo no São Rafael, que pretende sempre estar na vanguarda da Medicina do País”, declarou Dr. Rafael Vita, diretor regional Norte Nordeste da Oncologia D´Or, que, em seguida, convidou o Dr. Paulo Hoff, líder da Oncologia da Rede D´Or São Luiz, para fazer a abertura do evento. Nas palavras do oncologista, o agradecimento pelo convite e o reconhecimento do crescimento do São Rafael. “Agradeço o convite e a oportunidade de estar de volta a Salvador. Não é a primeira vez que venho ao São Rafael, tive a oportunidade de dar uma aula aqui há 15 anos. Era uma instituição bem menor e é muito bom ver que esse projeto cresceu fazendo uma atividade de cunho científico, social e médico muito importante para o Estado da Bahia, Nordeste e para o País”, destacou Dr. Paulo Hoff. O médico abordou, ainda, a importância de se promover a disseminação do conhecimento e a democratização do acesso à saúde para a população. Após a explanação de Dr. Paulo Hoff, teve início a apresentação dos módulos do evento. O primeiro foi Gastrointestinal e Colorretal, do qual o oncologista também participou. Em seguida, ele visitou as unidades do HSR, quando foram apresentados a ele os serviços e as tecnologias utilizadas para a melhor assistência ao paciente.

O evento continuou ao longo do dia com a apresentação dos demais módulos: melanoma e sarcoma, ginecológico, geniturinário, hematologia, cabeça e pescoço, pulmão e mama. Um sábado de produtivas discussões científicas, voltadas para temas que impactam em práticas diárias de clínicos e cirurgiões, com a missão final de oferecer o melhor tratamento aos pacientes oncológicos.