Central de Marcação: (71) 3409-8000

Responsabilidade Socioambiental

Desde a sua fundação, o Hospital São Rafael assumiu o compromisso de adotar práticas sustentáveis como um diferencial. Isso fez com que a responsabilidade socioambiental estivesse inserida na política institucional e no planejamento estratégico, colocando a sustentabilidade presente no dia a dia do HSR. Além das atividades produtivas, as ações envolvem ainda o tratamento dado ao meio ambiente e sua influência; o relacionamento com fornecedores e com a sociedade; as práticas de governança corporativa e a transparência no relacionamento interno e externo.

 Hospitais Verdes e Saudáveis

O Hospital São Rafael faz parte, desde janeiro de 2016, da Rede de Hospitais Verdes e Saudáveis, comunidade de organizações de saúde dedicadas a reduzir sua “pegada ecológica” e promover a saúde pública e ambiental. O HSR faz parte dessa rede, uma iniciativa da Organização Internacional Saúde sem Dano, coalizão de hospitais e sistemas de saúde, grupos de comunidades, sindicatos e organizações ambientalistas que se propõem a transformar mundialmente o setor de saúde, visando torna-lo ecologicamente sustentável.

Efluentes

A Estação de Tratamento de Efluentes – ETE do Hospital São Rafael é uma demonstração do compromisso do hospital com a sustentabilidade. Essa estação é responsável por evitar o lançamento, no meio ambiente, dos efluentes sem tratamento. Hoje, HSR trata uma média de 20 m³ por hora, antes de fazer o lançamento no Rio Trobogy, seguindo o parâmetro legal, conforme a resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA N°430/20114, que dispõe sobre condições e padrões de lançamento de efluentes.

Coleta Seletiva

Criado no ano 2000, o Programa de Coleta Seletiva do Hospital São Rafael tem foco na eficiência e no manejo adequado dos resíduos, conseguindo, reciclar, mensalmente, uma média de oito toneladas de materiais. A requalificação de resíduos como papel branco, papelão, plástico, sucata, chumbo, entre outros, conta com a parceria de cooperativas de reciclagem, instituições de ensino como a Universidade Federal da Bahia – UFBA, por meio da utilização de óleo de cozinha para produção de biodiesel, além de empresas que nos auxiliam na logística reversa de pilhas e baterias e materiais eletrônicos.

Tratamento de Resíduos

Os resíduos químicos e infectantes gerados no HSR são encaminhados para tratamento em empresa especializada, que submete os resíduos que não podem ser recuperados à incineração e autoclavagem, respectivamente, para que posteriormente seja feito o descarte. As lâmpadas geradas no Hospital São Rafael também são destinadas para tratamento por empresa especializada e, após isso, tem seus componentes destinados para reciclagem. São gerados em média 7.000 quilos de resíduos infectantes, 850 quilos de resíduos químicos e 500 unidades de lâmpadas por mês.

Energia Solar

O Hospital São Rafael investiu num sistema solar com 180 placas coletoras, capazes de gerar energia, renovável e limpa, para aquecimento de água. Em 2013, o sistema proporcionou uma economia de 104.652 quilos de gás GLP e um valor em torno de 260 mil reais.

Semana de Meio Ambiente

Realizada anualmente, em conjunto com a Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho – SIPAT, a Semana de Meio Ambiente – SMA do HSR é um evento integrante da Semana de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, onde são apresentadas palestras e outras atividades com temáticas ambientais. No ano 2016, foram apresentados os Projetos Resíduo Certo, Desperdício Nenhum e as Olimpíadas do Meio Ambiente.

Resíduo Certo, Desperdício Nenhum

Com o intuito de estimular a segregação adequada dos resíduos, o Programa Resíduo Certo, Desperdício Nenhum foi criado em 2015, com o objetivo de reduzir a geração do resíduos comuns no Hospital São Rafael. As ações desse programa consistem principalmente no contato direto com o colaborador por parte dos representantes do setor de Meio Ambiente, esclarecendo dúvidas e orientando quanto à importância do descarte adequado.